Poema " A BANDA"


A BANDA
A Banda é alegria
Seja noite, ou seja dia
Seus acordes contagiam
E nos traz recordação
Por isso ao ouvir o sino
Para a Festa do Divino
Já me invade um fascínio
Uma grande emoção
Na manhã enluarada
No romper da madrugada
Ela faz a alvorada
Tem farofa e tem rojão
Na volta do meio dia
Para minha alegria
A Festa se inicia
Como manda a tradição
Lá na Praça da Matriz
Prá ver o povo feliz
Veterano ou aprendiz
Inicia a procissão
Quando sobe a avenida
Essa gente tão unida
Alegrando nossas vidas
Nos trazendo emoção
Toca valsa e dobrado
Deixa o povo animado
Caminhando lado a lado
Com muita dedicação
À noite tem a novena
Tem o mastro, tem o queima
E na cidade pequena
A Banda é tradição
No domingo, o Reinado
Segue sempre arrumado
Conduzindo vários quadros
Com muita imaginação
A Banda segue tocando
Jovens unidos marchando
E assim vão se integrando
Dentro da religião
Cada um com seu talento
Seja qual for o instrumento
É preciso estar atento
Prá fazer a evolução
Passe o tempo que passar
Eu vou sempre apreciar
Vou ouvir ou vou tocar
Bombardino ou bombardão
Clarineta ou trombone
Trompete ou saxofone
Requinta ou souzafone
Mas parar não paro não!
Sempre quando a banda passa
Desfilando pela praça
Nossas vidas tem mais graça
Alegria e diversão
Na Banda tenho amigos
Que se divertem junto comigo
E é por isso que eu digo
Amo a Banda de montão! Autor:Dimas                        http://www.youtube.com/watch?v=16iKLK3rSZI


A MÚSICA SOB O PONTO DE VISTA DE ALGUNS IMPORTANTES PENSADORES...
A música é uma linguagem universal. Não precisa de tradução. Fala diretamente às pessoas, transpondo barreiras tanto do tempo e do espaço, tanto das nacionalidades e etnias como da língua (BRÉSCIA, 2003).
Segundo Aristóteles (filósofo grego, 384-332 a.C.), a música tem tanta relação com a formação do caráter, que é necessário ensiná-Ia às crianças.
Marmontel (historiador e crítico francês, 1723-1799) encerra que a música é, incontestavelmente, de todas as artes, aquela que reflete de uma maneira mais sensível, o grau de desenvolvimento de um povo.

Para Beethoven (1770-1827), a música é a manifestação mais convincente do que toda sabedoria e filosofia existente.
No entendimento de Schopenhauer (filósofo alemão, 1788-1860), ouvir longas e belas melodias é como um banho de espírito: purifica de toda a nódoa, de tudo o que é ruim e mesquinho, elevando o homem e sugerindo-lhe os pensamentos mais nobres que lhe seja dado ter.
Segundo Charles Darwin (biólogo naturalista, 1809-1882), a perda do gosto
pela música e poesia é uma perda da alegria; e pode possivelmente ser prejudicial ao intelecto, e mais provavelmente ao caráter moral por enfraquecer a parte emocional da natureza.
Na verdade, a música não é apenas entretenimento, deleite, convite ao
devaneio. É também fonte de crescimento espiritual, enriquecimento da sensibilidade e fortalecimento do ego, condições fundamentais para a realização plena do ser humano na sua trajetória de vida (BRÉSCIA, 2003).

Presume-se, a partir de dados antropológicos, que as primeiras músicas se destinaram à consagração de rituais altamente valorizados pelas sociedades, como o nascimento, o casamento, a morte, a semeadura e a colheita, a mudança das  estações do ano, a chegada da primavera e da fertilidade, os sofrimentos da  doença e a recuperação da saúde.
Os hebreus usaram a música para fins guerreiros e religiosos, em festas e
lamentações. No Antigo Testamento há menção ao poder e ao valor terapêutico da bela música. É assinalado que o som das trompas fez com que ruíssem os muros da cidade de Jericó. A harpa de Davi abrandava o furioso rei Saul e este, aliás, organizou o primeiro corpo oficial de músicos e cantores no templo.
Segundo Faustini (1996), a presença da música na vida do homem não só é
antiga, mas constante e global, desempenhando uma parte importante na evolução das grandes civilizações da antiguidade.
                                                Dimas 02/01/2011
Quero aproveitar este espaço para desejar a você, leitor, um ano de 2014  com muita saúde, paz, harmonia e muitas realizações!                                                                                                             Que o conhecimento habite em sua mente e o amor habite em seu coração...!     
                                                                                                                   Dimas , 26/12/2013.

PEGADINHAS MATEMÁTICAS

Se você se interessar na resposta é só acessar o meu Face: Matemática simples & prática